Guardas prisionais exigem promoções e aumentos com 2 dias de Greve

Paralisação será acompanhada por duas vigilias: uma marcada para esta quarta-feira e a outra para quinta-feira

Fartos de esperar pelo desbloqueio das promoções, a avaliação do desempenho, e a revisão dos escalões remuneratórios com os consequentes aumentos salariais, os guardas prisionais marcaram para quarta e quinta-feira nova greve nacional.

A paralisação será acompanhada por duas vigilias: uma marcada para esta quarta-feira, junto à Direção-Geral dos Serviços Prisionais, em Lisboa, e a outra para quinta-feira, em frente ao Ministério da Justiça, também na capital.

Segundo Jorge Alves, presidente do Sindicato Nacional da Guarda Prisional (entidade que declarou esta greve), a paralisação visa essencialmente “denunciar a atitude dos Serviços Prisionais e Ministério da Justiça, que se recusam a resolver os problemas da Guarda Prisional”.

“Sentimo-nos abandonados e esquecidos, pois as duas entidades não cumprem as suas obrigações na resolução dos problemas”, concluiu Jorge Alves.

Fonte:https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/guardas-prisionais-exigem-promocoes-e-aumentos-com-2-dias-de-greve