A Ordem dos Enfermeiros pediu a intervenção urgente do Secretário-Geral da ONU sobre os cuidados de saúde prestados nas cadeias portuguesas. Em causa, estão situações em que os guardas prisionais são obrigados a distribuir medicamentos aos reclusos.

Fonte:http://portocanal.sapo.pt/noticia/208549