Quatro sobreviventes de motim em prisão no Brasil acabam assassinados durante transferência de cadeia

Corpos foram encontrados quando o camião de transporte de presos parou na cidade de Marabá.

Quatro presos que tinham sobrevivido à sangrenta batalha entre fações rivais que segunda-feira deixou 58 mortos na cadeia Centro de Recuperação de Altamira, no interior do estado brasileiro do Pará, Brasil, foram mortos quando estavam a ser transferidos para outra prisão.

Os corpos foram encontrados esta quarta-feira quando o camião de transporte de presos parou na cidade de Marabá, também no sudoeste do Pará.

No camião, que tem quatro celas, 30 presos estavam a ser transportados para prisões da capital do estado, Belém. Quando o veículo parou em Marabá e foi feita a revista e contagem de segurança, quatro dos reclusos estavam mortos, aparentemente por sufocamento.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Pará, Segup, as vítimas foram assassinadas durante o trajeto por outros presos, mas ainda não são conhecidas as circunstâncias. Os reclusos que estavam a ser transferidos tinham os movimentos dificultados por algemas e estavam em celas separadas, mas alguma coisa falhou e presos rivais conseguiram executar os outros.

A batalha de segunda-feira durou quase cinco horas e começou quando presos de uma fação criminosa conseguiram sair da ala onde estavam isolados depois de dominarem dois guardas prisionais e invadirem a ala onde estavam reclusos de uma fação rival. Durante a ação, 16 presos da ala invadida foram decapitados, 41 morreram carbonizados ou asfixiados quando os invasores atearam fogo às celas dos rivais, e o outro morreu esta terça-feira no hospital.

Com as novas mortes, o número oficial de vítimas decorrentes do motim passa para 62. É o segundo maior massacre ocorrido em prisões brasileiras, só perdendo para o Massacre do Carandiru, antiga penitenciária na zona norte da cidade de São Paulo onde nos anos 90 ao menos 111 presos foram mortos pela polícia após um violento motim generalizado.

Fonte:https://www.cmjornal.pt/mundo/detalhe/quatro-sobreviventes-de-motim-em-prisao-no-brasil-acabam-assassinados-durante-transferencia-de-cadeia