Ministério da Justiça quer instalar cabines telefónicas e distribuir telemóveis nas prisões.

O comentador da Renascença Henrique Raposo considera que distribuir telemóveis nas prisões “não faz sentido”. A medida faz parte da proposta do Ministério da Justiça para combater a utilização de telemóveis ilegais nos estabelecimentos prisionaiscombater a utilização de telemóveis ilegais nos estabelecimentos prisionais.

Raposo diz que acima de tudo o que faz falta é mais guardas prisionais e que estes profissionais sejam melhor remunerados. “Andamos todos a fingir que não queremos ver o problema não existe”, diz, acrescentando ainda que “o país precisa de mais e melhores prisões”.

O escritor Jacinto Lucas Pires considera que questões como estas traduzem a necessidade “de investir no sistema prisional, nos funcionários e nas condições dos reclusos”.