Cadeia de Setúbal não liberta recluso preso ilegalmente
Direção da prisão esqueceu-se aparentemente de cumprir uma ordem judicial para o libertar.
Um recluso da cadeia de Setúbal esteve preso ilegalmente pelo menos durante uma noite, por a direção daquela prisão se ter aparentemente esquecido de cumprir uma ordem judicial para o libertar. A Direção-Geral dos Serviços Prisionais confirma oficialmente a situação ao CM, adiantando já ter aberto um inquérito interno, comunicando o caso ao Tribunal de Execução de Penas, que também está a investigar. Os factos remontam, segundo a mesma fonte oficial, ao final da tarde (17h31) de 12 de novembro. A essa hora a direção da cadeia de Setúbal terá recebido, do Tribunal de Execução de Penas, o mandado de libertação do recluso em causa. No entanto, em vez de dar ordens para que a decisão judicial fosse cumprida, os responsáveis da prisão autorizaram que o mesmo recluso fosse transportado ao Hospital-Prisão de Caxias para uma consulta médica. Só no dia seguinte, pelas 12h00, é que o detido voltou a Setúbal, e foi então que teve ordem de soltura da pena de prisão que estava a cumprir.

Fonte: https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/cadeia-de-setubal-nao-liberta-recluso-preso-ilegalmente