GREVE NACIONAL DO CORPO DA GUARDA PRISIONAL  DIAS 1, 2, 3 E 4 DE DEZEMBRO DE 2018

DAS 00H00 DO DIA 1 ÀS 23H59 DO DIA 4 DE DEZEMBRO DE 2018

Objetivos e razões da Greve:

  • Conclusão da revisão do estatuto profissional, principalmente:
    • Atualização da tabela remuneratória por equiparação à PSP;
    • Criação de novas categorias de acordo com a equiparação à PSP;
    • Subsídio de turno de acordo com a LTFP.
  • Alteração do horário de trabalho de turnos para períodos de 12 horas;
  • Descongelamento dos níveis remuneratórios;
  • Alteração do mapa de pessoal do CGP para 2019 com alargamento de número de lugares de Guarda Principal e proporcional redução de número de lugares de Guardas, no sentido de melhorar/contribuir para a ressocialização dos reclusos;
  • Preenchimento das vagas existentes nas categorias, nomeadamente de Guarda Principal;
  • Regulamentação e aplicação da lei quanto à segurança e saúde no trabalho;
  • Maior aposta na segurança das pessoas e dos bens, nomeadamente no que respeita aos profissionais do CGP;
  • Abertura de concurso para admissão de novos Guardas Prisionais.

Serão assegurados os serviços mínimos referidos no artigo 15º do D.L. nº 3/2014, de 9 de Janeiro.

PARTICIPA