Foi uma concentração contra o novo horário de trabalho e pela dignificação da carreira em que se exigiu também a demissão do diretor-geral dos Serviços Prisionais. Segundo o Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional, a vigília contou com perto de 200 participantes, chegados de vários pontos do país.

Fonte:https://www.rtp.pt/noticias/pais/guardas-prisionais-em-vigilia-junto-ao-estabelecimento-prisional-de-coimbra_v1069345

Adicionar Comentário

O seu email não será publicado. Os campos marcados são obrigatórios *