Greve atrasa julgamento de traficantes em Leiria
O início do julgamento dos 20 arguidos detidos no âmbito da Operação Bottle, a maior ação de combate ao narcotráfico levada a cabo pela PSP de Leiria, ficou ontem marcado pela falta de sete dos arguidos: a greve dos guardas prisionais impossibilitou que fossem transferidos em segurança do estabelecimento onde estão em prisão preventiva, atrasando o arranque da sessão. Durante o julgamento o ex-atleta da União de Leiria e um arguido de nacionalidade marroquina quebraram o silêncio. Este último declarou que os 9150€ apreendidos em sua casa estariam ligados à venda de sapatos contrafeitos e não ao tráfico de droga. O julgamento continua a 6 de dezembro.

Fonte: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/greve-atrasa-julgamento-de-traficantes-em-leiria

Adicionar Comentário

O seu email não será publicado. Os campos marcados são obrigatórios *